logo IMeN

Fome oculta - alguns detalhes

Na sequencia do texto " fome oculta", chegaram muitas duvidas.

Uma alimentação balanceada, com a presença de carboidratos, proteínas, lipídios, sais minerais (calcio, zinco, cobre, potássio, magnésio...) e vitaminas, é indispensável para alcançar saúde e qualidade de vida. A utilização exclusiva de medicamentos não resolve.

Por essas e outras razões, o ideal é selecionar alimentos em bom estado e com alto valor nutricional, capazes de atender as necessidades do corpo humano.  

Na atualidade, um dos pontos mais importantes é a observação da segurança alimentar, higiene na embalagem e na conservação dos produtos nas prateleiras.

Aliás, frutas e verduras frescas tendem a ter mais vitaminas em comparação àquelas que permanecem nas prateleiras. Desta forma, sucos consumidos apos o preparo certamente são melhores dos conservados em geladeiras.

A degradação ocorre ainda durante o transporte, quanto mais rápido for o consumo após a colheita, maior é o valor nutricional.

A cor e o odor também são fatores importantes, tanto como sinal da qualidade, quanto como estímulo à escolha do consumidor. Um alimento passado ou estragado deve ser evitado. A presença de bactérias, fungos e vírus podem acarretar uma infecção ou intoxicação alimentar.

A temperatura ambiente favorece a multiplicação desses microrganismos. Portanto, um clima ameno reduz a proliferação dos organismos que deterioram os alimentos e os mantêm nutritivos.

Pessoas com uso de diureticos, medicamentos para Diabetes e outras terapias de doenças cronicas, necessitam, no minimo, de cinco porções diárias de produtos do reino vegetal e a checagem laboratorial do nivel sanguineo de minerais é extremamente importante.

Com tantas opções no mercado, a observação é ferramenta fundamental para boas escolhas. Uma verdura adequada para consumo deve apresentar intensa coloração verde, sem manchas ou furos, ausente da presença de insetos ou odor de decomposição.  

Outras questões dignas de atenção são frutas e legumes descascados, pois são mais suscetíveis de contaminação. Além da verificação do estado daqueles alimentos que são comercializados em caixas, como morangos e uvas, saber compreender o rótulo das embalagens também ajuda a encontrar a melhor alternativa.

trans 
Get Adobe Flash player

IMeN - Instituto de Metabolismo e Nutrição
Rua Abílio Soares, 233 cj 53 • São Paulo • SP • Fone: (11) 3287-1800 • 3253-2966 • imen@nutricaoclinica.com.br