logo IMeN

NE - Perfil oxidativo de jogadores de futebol após estresse físico

MILANI, F1,2; OVIDIO, PP1; JORDÃO, AA1.

Instituições: 1Laboratório de Nutrição e Metabolismo, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP; 2Docente titular da UNICEP

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Introdução: O jogador de futebol profissional tem um aumento na atividade metabólica, favorecendo a ocorrência de lesões oxidativas em biomoléculas. Um desequilíbrio entre a formação de espécies reativas de oxigênio (EROs) e a defesa antioxidante do organismo causa o chamado estresse oxidativo. No caso de atletas adolescentes esse potencial oxidativo pode estar aumentado, visto que além das demandas dos treinos e competições, estes atletas estão em fase de crescimentou , necessitando de uma atenção cautelosa. Objetivo: Avaliar o perfil oxidativo de jogadores de futebol jovens após um jogo. Metodologia: Foi avaliado um time de futebol, com exceção dos goleiros, totalizando 20 jogadores de futebol, com mediana de idade de 16 anos, em período competitivo, na categoria sub-17. Os jogadores participaram de um jogo-treino, com duração de 60 minutos contínuos, sendo retiradas amostras sanguíneas no momento pré-jogo (repouso) e momento imediatamente pós-jogo. A avaliação da peroxidação lipídica no plasma foi realizada por meio da determinação do malondialdeído (MDA) e a defesa antioxidante pela dosagem da glutationa reduzida (GSH) e vitaminas A, C e E. Resultados: O MDA obteve uma diminuição, com média de 5,68 e 5,18 nmol/gProt., no pré e pós-jogo, respectivamente. Tal fato, provavelmente, deve-se pelo aumento da defesa antioxidante encontrada, visto que a GSH apresentou aumento, com média de 1,84 e 1,88 μmol/gProt, no momento pré e pós-jogo, respectivamente, além do aumento acentuado das vitaminas antioxidantes analisadas. Conclusão: Nesse estudo a defesa antioxidante sobressaiu em relação à peroxidação lipídica, o que deixa claro a importância de um bom status antioxidante, o que pode ser acentuado ainda mais com uma correta alimentação e nutrição, ainda mais se tratando de atletas adolescentes, para assim garantir, além da boa performance, um adequado crescimento e desenvolvimento.
trans 
Get Adobe Flash player

IMeN - Instituto de Metabolismo e Nutrição
Rua Abílio Soares, 233 cj 53 • São Paulo • SP • Fone: (11) 3287-1800 • 3253-2966 • imen@nutricaoclinica.com.br