logo IMeN

GH - Projeto ¨alimentarte¨: a criatividade como ferramenta para a humanização da atenção nutricional em pacientes pediátricos hospitalizados

CALDAS, RP; UCHÔA, PA; LIMA, MML.

Instituição: Secretaria Estadual de Saúde de Alagoas - SESAU
Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

INTRODUÇÃO: Nos últimos anos têm-se modificado as bases de assistência à saúde da criança, com uma nova visão acerca da utilização do lúdico como recurso para a humanização do ambiente hospitalar. O projeto ¨Alimentarte¨, idealizado por nutricionistas de uma clínica infantil pública de Alagoas, recorre a criatividade para produção de pratos infantis personalizados. OBJETIVOS: Cumprir as diretrizes do SUS, no que tange os aspectos da humanização dos serviços, tendo o lúdico como ferramenta para melhorar a atenção nutricional em crianças hospitalizadas. METODOLOGIA: Estudo intervencionista. Durante a refeição almoço, uma vez na semana, são distribuídos para pacientes, com dieta via oral, de consistência livre ou branda, pratos em formato de carinhas. A análise preliminar quanto a aceitação e validação do projeto foi realizada durante 4 semanas consecutivas (maio/jun 2009), através da aplicação de questionário de opinião com as responsáveis pelos pacientes. RESULTADOS: Responderam ao questionário 32 mães, das quais 85% perceberam que as crianças se alimentaram bem no dia do prato personalizado, apesar da ocorrência de falta de apetite, em algum momento do internamento, ter sido referida por quase 60%. Também foi constatada, por 75% das responsáveis, uma melhor aceitação de legumes e verduras. A aceitação e validação do ¨Alimentarte¨ confirmam-se quando 97% informaram que as crianças gostaram da apresentação dos pratos e 100% apontaram para a importância da continuação deste projeto. CONCLUSÃO: O sucesso das práticas alimentares com crianças consiste em fornecer alimentos de qualidade e consistência adequada e que atendam as necessidades individuais. Ações criativas são capazes de produzir resultados recompensadores não só para os pacientes, mais para toda a equipe multiprofissional. Portanto, é de suma importância que nutricionistas estejam sensibilizados quanto à humanização e busquem alternativas para aprimorar a atenção dietoterápica.

trans 
Get Adobe Flash player

IMeN - Instituto de Metabolismo e Nutrição
Rua Abílio Soares, 233 cj 53 • São Paulo • SP • Fone: (11) 3287-1800 • 3253-2966 • imen@nutricaoclinica.com.br