logo IMeN

PNC - Adequação do consumo de micronutrientes de idosos atendidos em um ambulatório de nutrição clínica MOREIRA, P.; SOARES, GA; ROMUALDO, MCS; KOVACS, C; AMPARO, FC; MAGNONI, D. Instituição: Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia. Email: prilanutri@h

INTERVENÇÃO NUTRICIONAL EM GRUPO E SEU IMPACTO NA REDUÇÃO DE PESO E CINCUNFERÊNCIA ABDOMINAL EM UMA POPULAÇÃO COM FATORES DE RISCO PARA DOENÇA CARDIOVASCULAR

MOREIRA, P.; ROMUALDO, MCS; KOVACS, C; AMPARO, FC; MAGNONI, D.

Instituição: Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia.

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Introdução: O atendimento em grupo constitui-se importante ferramenta para o desenvolvimento de hábitos de vida saudáveis no controle de fatores de risco cardiovasculares. Objetivo: Avaliar a evolução de peso e circunferência abdominal (CA) de pacientes em atendimento nutricional em grupo, acompanhados por três meses em um Instituto de Cardiologia. Metodologia: Estudo retrospectivo de 412 pacientes de ambos os sexos. Os indivíduos foram submetidos à dieta hipocalórica individualizada. O peso e a CA foram aferidos a cada encontro. Utilizou-se o teste ANOVA não-paramétrico com nível de significância p<0,05. Resultados: Dos indivíduos, 34% eram do sexo masculino e 66% feminino. Os homens obtiveram redução mediana de 0,5Kg do início para o primeiro retorno, 1,3Kg do primeiro para o segundo e 0,6Kg do segundo para o terceiro, apresentando diferença significante apenas nos dois primeiros retornos (p<0, 000). Ao final, observou-se uma redução mediana de 2,5Kg. Entre as mulheres observou-se redução mediana de 0,5Kg do início para o primeiro retorno, 0,4Kg do primeiro para o segundo e 0,9Kg do segundo para o terceiro sendo significantes apenas os dois primeiros retornos (p<0, 000). Ao final, observou-se redução mediana de 1,8Kg. Entre os homens a CA, manteve-se no valor mediano de 108 cm, do início para o primeiro retorno. Do primeiro para o segundo houve redução mediana para 106 cm e no terceiro para 105 cm, sendo significante somente do primeiro para o segundo retorno  (p<0, 000). Entre as mulheres a CA apresentou redução mediana de 105 para 103 cm do início para o primeiro retorno, 102 cm no segundo retorno, mantendo-se constante no terceiro. Conclusão: A evolução positiva de peso e CA ao longo do estudo mostraram a importância da continuidade do programa como ferramenta para mudanças no estilo de vida da população estudada e redução de fatores de risco para doença cardiovascular.

trans 
Get Adobe Flash player

IMeN - Instituto de Metabolismo e Nutrição
Rua Abílio Soares, 233 cj 53 • São Paulo • SP • Fone: (11) 3287-1800 • 3253-2966 • imen@nutricaoclinica.com.br