logo IMeN

Antioxidantes Nutricionais - Efeitos deletérios dos radicais livres

Os efeitos oxidantes em macromoléculas ocorrem em carboidratos, proteínas, ácidos nucléicos e lipídios, contudo, dentre as ações patológicas associadas ao aumento da formação de radicais livres e estresse oxidativo, a peroxidação lipídica talvez represente o impacto mais abrangente na saúde humana 17 .

A peroxidação lipídica ocorre comumente em ácido graxos polinsaturados e constitui um processo simples. Esta oxidação afeta lipídios existentes em alimentos, comprometendo seriamente seu paladar. Em células intactas, a peroxidação lipídica ataca especialmente a membrana celular, prejudicando sua função. Constitui-se por uma reação em cadeia iniciada por um radical (ou espécie reativa) se autopropagando em membranas celulares. Conseqüentemente, eventos oxidativos isolados podem apresentar efeitos profundos na função da membrana, desempenhando extensa lesão tissular. As etapas da peroxidação lipídica são: iniciação, propagação, terminação e seqüestro do radical livre 18 .

Além da peroxidação lipídica, os radicais livres estão associados a outras circunstâncias mórbidas, como, por exemplo, aumento da inflamação e indução de moléculas de adesão. Os RL são mediadores do processo inflamatório, participando da síntese de eicosanóides e da liberação de diversas citocinas e também podem induzir a expressão de moléculas de adesão pelas células endoteliais do vaso sanguíneo, facilitando a agregação de plaquetas e contribuindo para a trombose microvascular 9, 19 .

O estresse oxidativo caracterizado pelo conjunto de ações deletérias causadas pelo desequilíbrio entre agentes oxidantes e defesa antioxidante corrobora com a patogênese de diversas doenças infecciosas, crônicas ou agudas, incluindo tuberculose, choque séptico 20 , artrite reumatóide, doença intestinal inflamatória 21 , bem como câncer, aterosclerose, hepatite, AIDS, doenças neurológicas, como Alzeimer e desconforto respiratório do adulto (SARA) 9 .

O aumento dos RL também está presente em qualquer condição clínica que envolva isquemia e reperfusão, como por exemplo, choque seguido de ressuscitação, liberação de obstrução intestinal, transplante de órgãos e revascularização de membros isquemiados 9 .

trans 
Get Adobe Flash player

IMeN - Instituto de Metabolismo e Nutrição
Rua Abílio Soares, 233 cj 53 • São Paulo • SP • Fone: (11) 3287-1800 • 3253-2966 • administracao@nutricaoclinica.com.br